Postado em: quinta-feira, 5 de março de 2015

Pérolas Esparsas - 11 - FANTÁSTICO!

FANTÁSTICO!

05/03/2015

Meia-noite. Descendo da edícula nos fundos da minha casa, onde trabalho, olho pra cima e vejo um céu lindo com uma lua esplendorosa. Há um outro pontinho bem brilhante, que eu soube ser o planeta Júpiter em grande aproximacão por esses dias. E pensar que nossa galáxia, que é formada de bilhões e bilhões desses astros luminosos, é apenas uma entre bilhões e bilhões de outras galáxias! E mais ainda, que o universo está em expansão! Não poderia ser de outra forma, uma vez que a principal atividade de seu arquiteto é criar. Temos um Deus Criador!

Fotografei com o Ipad que tinha em mãos, e não tive como não sentar na escada e ficar alguns minutos solene e silentemente olhando para essa cena fantástica, sobressaindo por entre os prédios dessa São Paulo quase sempre poluída e acinzentada.

O sentimento que tenho agora é de indescritível pequenêz. Mas, sinto também um misto de muitos outros, e entre eles gratidão e reverência plena, por um Deus que É. Só me faltou ouvir como fundo dessa cena o amigo Mauro Lobo tocando ao órgão a Tocata e Fuga em Ré, de Bach.

Quando olho para o céu e reflito sobre o Grande Eu Sou, vejo como são acanhadas e ridículas nossas picuinhas pessoais, nossas briguinhas, vaidades, arrogância, intransigências, em casa, no trabalho, na igreja, na vida.

Mesmo com problemas a resolver e dificuldades a vencer, estou indo dormir em paz. Espero dentro de algumas horas acordar mais uma vez e continuar ainda no palco desse show que é a nossa vidinha, que se não é fantástica é pelo menos instigante e esperançosa. E durmo com o pensamento no poético Salmo de Davi, 8:3-4:

"Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste, que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites?"

Mário Jorge Lima./

0 comentários:

Postar um comentário

Esse Blog não se prestará a polêmicas doutrinárias, é apenas devocional. Você não precisa concordar comigo e pode dar sua opinião livremente, se não for agressiva nem fugir aos princípios de convivência cristã, será publicada.